MB Engenharia e no Meio Ambiente

Sindicatos e CETESB visitam Central de Recebimento de Hortolândia

A MB Engenharia, gestora do Programa Jogue Limpo no Estado de São Paulo (exceto município) apresentou, no mês de maio, o status dos primeiros meses do trabalho de logística reversa, em um encontro que reuniu representantes dos sindicatos do SINCOPETRO, RECAP, RESAN e REGRAN, da CETESB Flávio de Miranda Ribeiro, do Programa Jogue Limpo nacional, através do Maurício Séllos e do secretário de Meio Ambiente de Campinas Rogério Menezes. Além de apresentar os resultados obtidos até o momento, também foram discutidas ações futuras para a total implantação do programa no Estado. Na oportunidade, os participantes conheceram a Central de Recebimento de Hortolândia e todas as etapas operacionais do Programa.

Até abril desse ano mais de vinte e cinco mil quilos de embalagens plásticas de óleos lubrificantes foram coletados e levados a Central de Armazenamento temporário de Hortolândia.

O Programa Jogue Limpo do Interior e Litoral de São Paulo, iniciado em março de 2013, é um sistema de logística reversa de embalagens plásticas de lubrificantes pós-consumo. As embalagens são entregues pelos comerciantes aos Caminhões de Recebimento, dotados de moderna tecnologia, e em seguida esse material é direcionado as centrais de recebimento.

Para atender a totalidade dos municípios do interior e litoral de São Paulo, a MB Engenharia traçou um plano de implementação do Programa – dividindo o Estado em quatro regiões, sendo que a meta é implantar uma região a cada ano, e atingir todos os 644 municípios do estado até 2016.

Nesses dois primeiros meses de trabalho, o Jogue Limpo já foi implantado em 111 municípios, sendo mais de 1.700 postos visitados. “Esperamos agora alcançar 50% do total de municípios até o final do ano”, afirma o engenheiro, diretor operacional da MB Engenharia, Antonio Flavio André Alvarez.